Viagem a Bariloche

Essa foi nossa primeira viagem levando nosso filho, na época com 6 anos, e que, por um acaso se esbaldou nessa viagem. Realmente, Bariloche é um lugar muito bacana para levar as crianças, se nós não tivéssemos levado ele, com certeza estaríamos frustrados.

Bariloche, ou São Carlos de Bariloche, seu nome oficial, tem, pode se dizer, as cores representativas da bandeira de seu país, o céu muito azul contra o branco de seus picos nevados. Estávamos lá no auge da gripe A, em 2009, na semana de toda aquela confusão, mas graças a Deus sem maiores problemas.

Independentemente de onde estiver hospedado, reserve ao menos um dia para bater perna nas lojas da Calle Mitre, a principal rua comercial da cidade. Aqui estão, na minha opinião, as melhores chocolaterias da região(Mamuschka, Fenóglio, Abuela Goy e muitas outras), tem restaurantes muito bons, tem galerias com roupas de frio com preços maravilhosos e souvenirs de montão. Se quiser ir a restaurantes, lojas e baladas á pé, é bom prestar atenção na localização, escolha um hotel entre as Calles Moreno e Mitre. Ma se preferir algo mais reservado, e não se importar em ficar gastando taxi pra lá e pra çá, então escolha os resorts da Avenida Bustillo e da Villa Llao Llao.

Normalmente o primeiro passeio que se faz ao chegar na cidade é o Circuito Chico, passeio que acontece á tarde. A primeira parada é no Cerro Campanário, la tem 8 mirantes e da pra ver o Chile a olho nu. Após, segue-se para a fabrica de Rosa Mosqueta e em alguns pontos panorâmicos de onde se veem a Península Llao Llao e o hotel famoso. É um passeio bem legal, tudo é filmado e depois de pago é claro, eles deixam na porta de hotel para que todos levem essa recordação.

Outro passeio imperdível é o Cerro Catedral, que é a principal estação de esqui da Argentina. São 120 quilômetros de pistas….é gigante!! Tem umas lojinhas na base, restaurantes e aluguel de equipamentos….um show!!

Outro passeio famoso é conhecer a confeitaria giratória do Cerro Otto, que fica a 1405 metros de altitude. È um passeio para a familia toda. Confesso que estava com medo de ter vertigem , mas é tranquilo, pois roda devagar.

Feito estes passeios, vale a pena conhecer a cidade vizinha, a charmosa Villa la Angostura e sua estação de esqui, Cerro Bayo, que é bem menor que Cerro Catedral, mas é lindo e todos se divertem de montão. O centro da cidade é pequeno,e, em duas horas voçê ja conhece todas as lojinhas e cafeterias.

 

De volta a Bariloche, não ha como se deixar seduzir pela gastronomia e as calorias  a mais….não duvide disso!!! A influência dos imigrantes é notável. Há a famosa fondue(Casa Suíça), o delicioso strudel dos alemães( Familia Weiss), as massas caseiras dos italianos, a carne Argentina e o cordeiro patagônico..enfim…tem restaurantes para todos os gostos!

A noite é bem animada, tem alguns pubs, boites e até um cassino do hotel Panorâmico, onde a entrada é gratuita e pode-se apreciar apresentação de danças e shows.(Não fomos porque tinhamos que ficar com nosso filho).

No Centro Cívico há um museu e na praça ficam alguns cães São- Bernardo com seus bauzinhos de bebida fazendo figuração para quem quiser fazer uma foto do tipo “perdido da neve”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s